"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" João 3:16. "

Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


.

.

30/12/2013

Andando no Espírito



Como fazer para não deixar de andar no Espírito - “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde”... Mt.11:29-30    


VIDA NO ESPÍRITO É ALGO QUE SE RENOVA A CADA MANHÃ. INFELIZMENTE, HOJE EXISTEM PESSOAS SOBRECARREGADAS E ATÉ MESMO DENTRO DA IGREJA. SOBRECARREGADAS POR: CIRCUNSTÂNCIAS, PROBLEMAS E ETC... DEUS QUER NOS LIBERAR DE TODA CARGA ATRAVÉS DESTA VIDA NO ESPÍRITO. (GAL.5:25-26)

COMO FAZER PARA NÃO DEIXAR DE ANDAR NO ESPÍRITO?

1) SENDO FERVOROSO NO ESPÍRITO – Rm 12:11 – SERVINDO AO SENHOR.
Ser fervoroso no Espírito é ser apaixonado pelo Senhor e o seu propósito.
• Infelizmente, hoje a Igreja tem perdido esta paixão.

2)  COMO A IGREJA TEM PERDIDO ESTA PAIXÃO?

A) Quando nós deixamos as coisas preciosas se tornarem coisas comuns.
• Hoje em dia o diabo tem tirado o valor de tudo o que tem valor para Deus – Jo.10:10
• O povo de Deus sempre foi conhecido pela sua alegria em toda história.
• A igreja perdeu o fervor na humanização

B) Quando começamos a depender das coisas externas, de fora, e não do fluir verdadeiro de Deus – Jo.4:23-24
• Para os filhos de Deus a base  de tudo tem que vir de DEUS, Ele é a única fonte dentro de nós
• Somos o seu templo, e temos que viver como tal
• A cada manhã temos que acordar cheios do Espírito

3) VIVEMOS EM UM MUNDO APÁTICO  Rm 12:1-2

• A apatia vem sobre nós quando nós nos conformamos com a situação.
• Temos que tomar muito cuidado com os nossos filhos

4) A IGREJA TEM PERDIDO A VISÃO DO PROPÓSITO DE DEUS, ELA PERDEU O ALVO.

• Uma Igreja que vê o propósito de Deus com clareza é uma Igreja fervorosa – (Num.13 - 14)
• Os que perdem o alvo morrem no deserto.
• O alvo de Deus deve estar estampado em nós.
• Hoje em dia a Igreja tem se voltado mais para a estrutura do que para as vidas.

5) PORQUE O FERVOR É TÃO IMPORTANTE?

Porque ele é primordial na vida da Igreja, é uma prioridade.
Líderes, pastores, músicos, cada serviço deve ser  realizado com paixão a  Deus. Amor e paixão pelos irmãos – (Jo.13:34-35)
• Não podemos fazer a obra de Deus sem paixão!
• Deve ser uma  prioridade na minha vida o que eu amo. Temos que observar na vida dos discípulos o que é prioridade.
• O que queima por dentro deve fazer diferença por fora
• O que queima por dentro você sente o cheiro por fora, e o cheiro deve ser o cheiro de Cristo.
• Eu sei o quanto custou o preço da minha vida para Jesus.
• Eu não devo ficar preocupado em ser o melhor, mas em dar o melhor para Deus, o melhor para o Senhor da minha vida.
• Ser apaixonado por tudo aquilo que Deus ama.

COMO RESTAURAR A PAIXÃO PELO MOVER?

1) OLHANDO PARA JESUS – É IMPOSSÍVEL ALGUÉM OLHAR  PARA JESUS E NÃO FICAR APAIXONADO POR ELE . – Ef 5:14/ Hb 12:2/ 2Co 3:18

• Nós contemplamos o Senhor Jesus, contemplando o verbo = a palavra.
• Contemplar Jesus é contemplar a palavra de Deus.
• Podemos contemplar Jesus olhando para os nosso irmãos – Mt 18:20

2) PODEMOS RESTAURAR A PAIXÃO RETORNANDO AO PRIMEIRO AMOR.

• Deve ser uma prioridade – Ap. 2:4
• Voltar ao primeiro amor fala de valores que se perderam
• Temos que resgatar os valores perdidos
• Primeiro amor é comunhão com Deus

3) DEIXE O ESPÍRITO SANTO ATIVAR OS SEUS DONS.

• Muitos não aprendem a desenvolver os seus dons – Ef 4:8
• Muitos enterraram os seus dons
• Temos que ajudar cada discípulo a desenvolver os dons
• Cada um tem um dom pelo menos – 1Pe 4:10
• A partir do natural Deus dá o sobrenatural

4)  FAÇA TUDO, AINDA QUE SEJA POUCO, FAÇA TUDO PARA A GLÓRIA DE DEUS

• Identifique os dons
• Santifique
• Deus unge tudo isso
• Submeta os seus dons ao corpo
• Submeta os seus dons aos líderes
• Submeta os seus dons a palavra de Deus

- Não agrada a Deus o enterrar os talentos – Mt 25:14-30
- A Igreja deve ser um lugar onde os dons precisam ser despertados

5) VIVA E ANDE PERTO DE GENTE APAIXONADA POR DEUS.

• Jovens, olhem para pessoas apaixonadas por Deus
• No trabalho, seja sócio de pessoas apaixonadas por Deus

6) NUNCA SE ESQUEÇA DE TUDO O QUE DEUS FEZ POR VOCÊ 
  
• Um exemplo negativo – o povo de Israel – Nm 12 e 14
• Sl 103 – Seja sempre grato ao Senhor por tudo, e nunca se esqueça do que Ele  já fez por você.



Fonte: Asaph Borba

29/12/2013

Maria a Mãe de Jesus



Dentre tantas mulheres judias, Deus decidiu escolher uma jovem virgem, de uma família pobre, da cidade de Nazaré, para ser a mãe de Jesus, o nosso Salvador. O seu nome era Maria.
Um anjo lhe apareceu e lhe disse: "... Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres" (Lucas 1:28).

Maria foi escolhida por Deus. Certamente Deus tinha motivos para confiar em Maria tamanha tarefa. Ele conhecia o seu coração, sabia que ela O amava, que ela O conhecia e que iria aceitar a difícil tarefa que lhe foi destinada.
Maria foi escolhida para uma tarefa única na história da humanidade. Ela ia ser a mãe de Jesus.
Quando o anjo abordou Maria, e a pôs ao corrente do plano de Deus, ela não percebeu muito bem. No entanto ela só fez uma pergunta: “como se fará isso” uma vez que não conheço varão.
Desta maneira podemos deduzir que ela se mostrou pronta para o desempenho da tarefa que Deus destinou para ela. Por causa da disponibilidade desta mulher, o plano de Deus estava a cumprir-se.
Maria era uma mulher que conhecia as escrituras e tinha comunhão com Deus. O plano de Deus para a vida de Maria era difícil, mas não era impossível. E Maria estava preparada.
Ela descendia de um povo conhecedor da Palavra de Deus e que era fiel a Deus. Tudo o que ela aprendeu a respeito de Deus iria ensinar a Jesus.
Ela conhecia o livro de Isaías, onde está profetizado a respeito de Jesus, e essa matéria não era desconhecida para Maria.  (Is. 7.14)
Deus não tinha dúvidas de que ela saberia educar o seu filho. Conhecedora da Palavra de Deus, ela saberia faze-lo.
Pv 22:6  Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.

Lc 2:52  E crescia Jesus em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e dos homens.

 Jo 7:15  Então os judeus se admiravam, dizendo: Como sabe este letras, sem ter estudado?

Do mesmo modo que o Senhor conhecia o coração de Maria, Ele conhece o nosso coração.
Muitas vezes queremos trabalhar para o Senhor mas achamos que não estamos preparadas, temos medo de não estar à altura das expectativas de Deus, achamos que temos poucas habilitações, que não sabemos falar, que temos poucos conhecimentos da Bíblia, e muitos outros sentimentos nos assaltam.
Temos vontade de dizer: "Eis-me aqui, Senhor!" mas há um medo enorme que nos assalta e nos sentimos incapazes.
Quem capacita é o Senhor. (2Co 3:5  não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus)
Mas temos que fazer a nossa parte, temos que nos preparar lendo e estudando a Palavra de Deus de modo que possamos amá-lo como também conhecê-lo e lhe obedecer, desejar ser usada por Ele. Desejar servi-lo.

Maria tinha vários obstáculos na sua frente:
Como jovem solteira, ela tinha que enfrentar os seus pais;
Era solteira mas estava comprometida, logo havia também o homem ao qual estava ligada já com um compromisso;
Havia também os seus vizinhos e amigos, os quais poderiam ser um obstáculo.
Depois que o anjo lhe explicou como as coisas iam acontecer, Maria foi pronta na resposta, sem hesitações, sem medo, e acho até que ela o fez com muita alegria:  "Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra ..." (Lucas 1:38). Ela decidiu obedecer apesar dos problemas que iriam surgir.

E nós? Quando nos decidimos por servir ao Senhor, o que precisamos de enfrentar?
Será que também temos que enfrentar a nossa família?
E os nossos vizinhos, o que irão dizer?
E os nossos colegas da escola ou do nosso trabalho? Que pensarão? Que somos fanáticas?
Deus escolheu Maria para ela ser a mãe do Seu Filho unigénito e ela, humildemente e corajosamente, aceitou esta tão difícil mas tão privilegiada missão.
Maria repousou no Senhor e creu que Ele iria suprir todas as suas necessidades e estar com ela em todos os momentos.
O mesmo acontece connosco, Deus tem um plano para as nossas vidas.
Mas cabe a nós próprias a decisão de aceitar esse plano. O princípio de tudo começa por nos prepararmos tal como Maria.
O cântico: Maria começou por louvar ao Senhor, reconhecendo a sua grandeza, e declara que Ele é o seu Salvador.
Maria reconhece a sua pequenez. Apesar de ser uma grande mulher, ela mantém a sua opinião própria de que é uma pequena serva de Deus. Isto revela que Maria era uma mulher humilde, e nem sequer o saber que iria ser a mãe de Jesus, a fez mudar de opinião.
Mas ela foi uma mulher submissa a Deus, e certamente Deus era a sua força. Maria era uma mulher de oração e tinha comunhão com Deus.

Isabel Romão

26/12/2013

PALAVRAS DE JESUS

«Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas?
Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam, contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.
Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. Mt. 6.25-34»


Porquê tanta angústia… tanto medo… tanta ansiedade … tanta vontade de desistir… porquê tantos sentimentos de derrota, sentimentos que nos separam do amor de Deus.
Quando a Palavra do Senhor diz que aquele que está em Cristo é uma nova criação; que somos mais que vencedores em Cristo Jesus; que estamos sentados nos lugares celestiais em Cristo Jesus;
Deus tem cuidado de nós. Ele sabe tudo o que precisamos, seja qual for a natureza da nossa necessidade.
Deus sabe que precisamos de um emprego para que o nosso sustento e o de nossa família seja assegurado.
Deus sabe que necessitamos de saúde para que possamos servi-lo, e para que possamos também trabalhar.
Deus não se esquece de nenhuma das nossas necessidades.
Somos muito preciosos para Deus. Ele nos ama muito e o seu desejo é que possamos usufruir de tudo o que Ele tem para nos dar. Por isso Jesus nos incentiva a buscar em primeiro lugar o reino de Deus.
Tudo começa com a nossa comunhão com Deus, quanto mais perto estamos do nosso Paizinho amado, mais facilidade temos nesse relacionamento.
Tem que ser a nossa prioridade. A cada dia, antes de tudo, estar aos pés do Pai, ler a sua Palavra, falar com Ele (orar), meditar naquilo que lemos, deixar que Ele nos fale. É nesse tempo que Deus vai suprir as nossas necessidades, vai falar ao nosso coração, vai nos dar a sua paz, a sua tranquilidade, vamos sentir segurança.
Nesse tempo Deus vai nos fortalecer, e então estaremos prontos para enfrentar um dia cheio de surpresas que nem sempre são agradáveis, mas que fortalecidos em Cristo Jesus logo pela manhã, as intempéries até parecem fumaça aos nossos olhos.
Louvado seja o Senhor.

Isabel Romão

Os Inimigos da Oração

Todos nós sabemos que às vezes é muito difícil orar. 
Falta-nos palavras, disposição, graça e conexão com os céus. Nossas petições parecem bater em um céu de bronze, não têm acesso ao Trono da graça. 
Mas a Bíblia nos convida a orar sem cessar. A suplicar por aqueles que estão investidos de autoridade para que tenhamos vida tranquila.
"Antes de tudo, pois exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graça, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável a Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2.1-4)
  
Cansaço: 
O cansaço paralisante que te impede de orar sem cessar. Mas, justamente na oração, podes dominar essa fadiga desnatural, pois a Bíblia diz "Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças. Faz forte ao casado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor" (Is 40.31a, 29). Na oração encontrarás o genuíno vigor.
Distração: 
Dificuldade de concentração. 
O pensamento está longe, as palavras saem mecanicamente vazias. Essa arma do inimigo fica sem efeito com a oração em voz alta. Davi diz no Salmo 55.16-17: "Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará. À tarde, pela manhã e ao meio dia farei as minhas queixas e lamentarei; e ele ouvirá a minha voz". Quando a distração te assaltar, clame em voz alta e ela não terá influência sobre você. O Senhor ouvirá o seu clamor.
Intranquilidade: 
Há momentos que somos tomados por uma intranquilidade interior sem nenhuma razão aparente. Todavia, seja qual for a razão da nossa intranquilidade: pecado, nervosismo ou incredulidade, ela deve ser removida através da oração. A Bíblia diz: "Confia os teus cuidados ao Senhor e Ele te susterá: Jamais permitirá que o justo seja abalado." (Sl 55.22). No Salmo 42.11, o salmista pastoreia sua alma intranquila: "Por que estás abatida, ó minh'alma? Por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxilio e Deus meu". Para que este inimigo da oração seja vencido é preciso orar. É na oração que vencemos as perturbações da nossa alma.
Pressa: 
A arma que satanás usa com maior sucesso, contra muitos os que querem orar, é a pressa. Qual é o motivo da sua pressa? Eclesiastes 8.3 diz: "Não te apresses em deixar a presença DELE". Os nossos afazeres não têm fim. Por isso as Escrituras nos exorta a buscar primeiro o Reino de Deus. Este é o segredo de ter nosso tempo multiplicado. As demais coisas nos são acrescentadas após um bom período em comunhão com o Pai.
Desânimo: 
O desânimo é uma arma que paralisa muitas pessoas de oração. Desânimo significa: não olhar longe o suficiente. Infelizmente, nossa geração tem visão curta, busca resultados imediatos pelo menor esforço e o Reino de Deus é tomado pelo esforço. Olhar longe o suficiente é ter os olhos fitos em Jesus. A Bíblia diz: "olhando firmemente para Jesus". Isso significa: não olhar para o visível e olhar para Jesus - olhar na oração! Se você está desanimado por causa de suas derrotas, por causa da dureza dos homens, por causa de situações tristes, Paulo diz: "Em tudo somos atribulados, porém, não angustiados; perplexos, porém não desanimados". Paulo falava sobre o poder da oração. Isaías admoesta: "Fortalecei as mãos frouxas, e firmai os joelhos vacilantes. Dizei aos desalentados de coração: Sede forte, não temais. Eis o vosso Deus. A vingança vem, a retribuição de Deus; Ele vem e vos salvará" (Is 35.3-4). Só há uma maneira de afastar o desânimo: através da oração sincera. A vontade de Deus é que você ore; a vontade de satanás é que você não ore. Você fará a vontade de quem?
Indolência: 
A indolência é uma arma maliciosa, que satanás usará contra aqueles que querem tornar-se pessoas de oração. É a arma da carne, da impotência. Você se ajoelha, quer orar, mas não sai nenhuma palavra. É tudo tão difícil. A carne não consegue orar. Como ficar livre dessa terrível inércia e dessa impotência? Ore com a Bíblia. Leia em voz alta e leia outra vez, as promessas do Senhor. Até que a palavra bíblica se torne viva em seu coração e alcance os céus. Por exemplo, "Jesus, o Senhor diz em sua Palavra para eu pedir e se me dará, para eu buscar que eu acharei, para eu bater que se abrirá. Senhor não consigo pedir, mas tu dizes em sua palavra para eu fazê-lo com perseverança, ajude-me em minha fraqueza" Leia outras passagens sobre as promessas de Deus. Ele responde as orações.
Fonte:  "Livro Chamado a orar de Wim Malgo"

caixinha de promessas