"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" João 3:16. "

Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


26/12/2013

Os Inimigos da Oração

Todos nós sabemos que às vezes é muito difícil orar. 
Falta-nos palavras, disposição, graça e conexão com os céus. Nossas petições parecem bater em um céu de bronze, não têm acesso ao Trono da graça. 
Mas a Bíblia nos convida a orar sem cessar. A suplicar por aqueles que estão investidos de autoridade para que tenhamos vida tranquila.
"Antes de tudo, pois exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graça, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável a Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2.1-4)
  
Cansaço: 
O cansaço paralisante que te impede de orar sem cessar. Mas, justamente na oração, podes dominar essa fadiga desnatural, pois a Bíblia diz "Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças. Faz forte ao casado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor" (Is 40.31a, 29). Na oração encontrarás o genuíno vigor.
Distração: 
Dificuldade de concentração. 
O pensamento está longe, as palavras saem mecanicamente vazias. Essa arma do inimigo fica sem efeito com a oração em voz alta. Davi diz no Salmo 55.16-17: "Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará. À tarde, pela manhã e ao meio dia farei as minhas queixas e lamentarei; e ele ouvirá a minha voz". Quando a distração te assaltar, clame em voz alta e ela não terá influência sobre você. O Senhor ouvirá o seu clamor.
Intranquilidade: 
Há momentos que somos tomados por uma intranquilidade interior sem nenhuma razão aparente. Todavia, seja qual for a razão da nossa intranquilidade: pecado, nervosismo ou incredulidade, ela deve ser removida através da oração. A Bíblia diz: "Confia os teus cuidados ao Senhor e Ele te susterá: Jamais permitirá que o justo seja abalado." (Sl 55.22). No Salmo 42.11, o salmista pastoreia sua alma intranquila: "Por que estás abatida, ó minh'alma? Por que te perturbas dentro em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxilio e Deus meu". Para que este inimigo da oração seja vencido é preciso orar. É na oração que vencemos as perturbações da nossa alma.
Pressa: 
A arma que satanás usa com maior sucesso, contra muitos os que querem orar, é a pressa. Qual é o motivo da sua pressa? Eclesiastes 8.3 diz: "Não te apresses em deixar a presença DELE". Os nossos afazeres não têm fim. Por isso as Escrituras nos exorta a buscar primeiro o Reino de Deus. Este é o segredo de ter nosso tempo multiplicado. As demais coisas nos são acrescentadas após um bom período em comunhão com o Pai.
Desânimo: 
O desânimo é uma arma que paralisa muitas pessoas de oração. Desânimo significa: não olhar longe o suficiente. Infelizmente, nossa geração tem visão curta, busca resultados imediatos pelo menor esforço e o Reino de Deus é tomado pelo esforço. Olhar longe o suficiente é ter os olhos fitos em Jesus. A Bíblia diz: "olhando firmemente para Jesus". Isso significa: não olhar para o visível e olhar para Jesus - olhar na oração! Se você está desanimado por causa de suas derrotas, por causa da dureza dos homens, por causa de situações tristes, Paulo diz: "Em tudo somos atribulados, porém, não angustiados; perplexos, porém não desanimados". Paulo falava sobre o poder da oração. Isaías admoesta: "Fortalecei as mãos frouxas, e firmai os joelhos vacilantes. Dizei aos desalentados de coração: Sede forte, não temais. Eis o vosso Deus. A vingança vem, a retribuição de Deus; Ele vem e vos salvará" (Is 35.3-4). Só há uma maneira de afastar o desânimo: através da oração sincera. A vontade de Deus é que você ore; a vontade de satanás é que você não ore. Você fará a vontade de quem?
Indolência: 
A indolência é uma arma maliciosa, que satanás usará contra aqueles que querem tornar-se pessoas de oração. É a arma da carne, da impotência. Você se ajoelha, quer orar, mas não sai nenhuma palavra. É tudo tão difícil. A carne não consegue orar. Como ficar livre dessa terrível inércia e dessa impotência? Ore com a Bíblia. Leia em voz alta e leia outra vez, as promessas do Senhor. Até que a palavra bíblica se torne viva em seu coração e alcance os céus. Por exemplo, "Jesus, o Senhor diz em sua Palavra para eu pedir e se me dará, para eu buscar que eu acharei, para eu bater que se abrirá. Senhor não consigo pedir, mas tu dizes em sua palavra para eu fazê-lo com perseverança, ajude-me em minha fraqueza" Leia outras passagens sobre as promessas de Deus. Ele responde as orações.
Fonte:  "Livro Chamado a orar de Wim Malgo"

caixinha de promessas

.

.