"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" João 3:16. "

Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios. Salmos 37.7


.

.

04/11/2008

SEI QUE ...

Sei que:
Sou amada do Pai;
Ele me quer e deseja;
É o meu melhor amigo;
É o meu companheiro;

O Pai está sempre comigo;
Nunca me abandona;
Sabe tudo acerca de mim;
Conhece-me melhor do que eu própria;

Não me condena;
Defende-me sempre;
O Pai protege-me;
Guia-me;
Guarda-me de todos os perigos;

É o meu consolador na angústia;
Limpa as minhas lágrimas;
Ouve o meu clamor;
Responde às minhas orações;

Tem o melhor para mim;
Está no controle de toda a minha vida;
Perdoa as minhas faltas;

O Pai cura as minhas enfermidades;
O Pai anseia que eu o busque;
Alegra-se com a minha presença;
Chora quando eu choro;
Fala-me mansamente;

O Pai preenche todo o meu ser;
O Pai me ama.

Isabel

01/11/2008

Esta é a voz do meu Amado

Cantares 2.8A voz de Deus é inconfundível. Ela é suave, amorosa, ela dá paz. Jesus mesmo ensinou em João 10.4 que as ovelhas seguem o pastor porque conhecem a sua voz: “Depois de conduzir para fora todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz”.Jesus usou as ovelhas, para demonstrar que se elas, sendo animais, conhecem a voz do seu pastor, muito mais nós, seres humanos, racionais, não devemos ter dúvidas acerca da voz do nosso pastor Jesus, e saber distingui-la da voz do salteador.
Lázaro também conheceu a voz de Jesus. Estava morto havia quatro dias, mas quando Jesus o chamou pelo seu nome, Lázaro ergueu-se do túmulo e saiu pelo seu próprio pé e depois até foi visto comendo à mesa com Jesus, celebrando, talvez a sua ressurreição.
Quando Jesus foi baptizado, logo que saiu da água, diz a Palavra do Senhor que se ouviu uma voz do céu: “e ouviu-se dos céus esta voz: Tu és meu Filho amado; em ti me comprazo, Mc 1.11”. “ouviu-se”. Esta palavra diz-nos que aquela voz foi ouvida por todos os que estavam presentes naquele lugar, e ninguém teve dúvidas acerca de quem estava a falar. E porquê? Precisamente porque a própria mensagem que aquela voz inseria, denunciava quem falava, porque se estava a referir a Jesus, Filho Amado do Pai.
Só há uma pessoa que nos pode tratar por “filhos amados” e quando ouvires a sua voz tratando-te desse modo, não vais confundir. Vais saber que é o teu Pai Amado.
Em João 20.16, Maria foi ao túmulo de Jesus. Ao ver que Jesus não estava ali, foi assaltada por um sentimento de medo por pensar que tinham roubado o seu Senhor. E nem reparou que Jesus estava mesmo ao pé dela, mas pensou tratar-se do jardineiro. Jesus falou com ela, houve até uma conversa estabelecida entre os dois, mas Maria só reconheceu Jesus, quando Ele a chamou pelo nome: “Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, virando-se, disse-lhe em hebraico: Raboni! - que quer dizer, Mestre. Jo 20.16”.
Há uma maneira que Jesus tem de te chamar pelo teu nome. É uma maneira especial. Só para ti. Só tu e Ele é que conhecem essa maneira.
O encontro entre Maria e Jesus ao pé do túmulo, mostra que às vezes as circunstâncias podem impedir-nos de O conhecer. Mas, quando te chamar pelo teu nome, tu o conheces, porque ele se identifica de maneira que só tu e ele sabem. Não vais confundir nunca a voz do teu Amado.
Já ouviste a voz de Deus numa visão? Eu já. E o que essa voz me disse foi inconfundível porque falou de coisas que lhe são peculiares. Não tive duvidas. Deus falou-me. Conheci-O pela sua linguagem, porque o que disse o denunciou. Mais ninguém me podia dizer o que me disse “aquela voz”, especialmente o inimigo das nossas almas. Esse veio para “roubar, matar e destruir (Jo 10.10)”, mas “aquela voz” falou-me de vitória, falou-me para eu lutar, porque iria vencer, e esta linguagem é de Jesus, porque só Jesus quer “que todos os homens sejam salvos e venham ao conhecimento da verdade” (1 Tm 2.4). Quando Jesus te fala, é para te dizer que está contigo, que te ama, que quer ter comunhão contigo, que não te deixa nem te desampara, que espera por ti o tempo que for preciso, ele não te força, deixa que te decidas por ti mesmo. Ele ama-te muito.
Que possamos cultivar a cada dia uma comunhão com Deus de tal forma que sempre possamos reconhecer a sua voz. Mesmo que as circunstâncias por vezes nos queiram impedir, fiquemos firmes no que Jesus nos disser, porque a sua mensagem é inconfundível, e então podemos dizer: Esta é a voz do meu Amado.
Isabel

30/09/2008

A Mulher Sábia

A mulher cristã tem vários papéis a desempenhar na sociedade, na igreja e principalmente no lar, onde ela tem um ministério específico. Ela pode edificar, e construir, aliás, foi para isto que o Senhor a criou. Contudo, se não for sábia, pode vir a destruí-lo, com suas próprias mãos.

Porque tamanha responsabilidade para nós mulheres? Quando Deus criou o homem, disse: “Não é bom que o homem viva sozinho. Vou fazer alguém que o ajude como se fosse a sua outra metade.” (Gn 2:18). Formou então Deus a primeira família, onde colocou a mulher como peça fundamental para esta formação e deixou em suas mãos a responsabilidade de ser o rochedo, o ponto de equilíbrio, a orientadora, a ajudadora junto ao marido, mais o privilégio único de ser mãe.

Todas as mulheres sabem da importância que a nossa mãe teve em nossa vida. Foi ela que passou a maior parte do tempo conosco.

Obviamente todas nós queremos ser bem sucedidas na vida como esposa, mãe, dona de casa, etc.
Talvez você esteja refletindo e avaliando sua vida e chega a conclusão que não tem tido muito sucesso na vida e se pergunta: o que está acontecendo? Será que é falta de sabedoria? O que fazer? Deus quer restaurar a sua vida, família e casamento. Em Tiago 1:5 está escrito: “E, se alguém de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente.”

Vejo que o primeiro passo seria ter uma vida de total compromisso com Deus, querer ser segundo o coração de Deus.

Em Lc 10:38 podemos perceber claramente em Maria o compromisso profundo, um desejo enorme de ouvir e de estar na presença do Senhor.

Compromisso com Deus gera santificação. E é isto que Deus espera de nós: “Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pe 1:16).

E o segundo passo seria pedir sabedoria a Deus.

Por quê pedir sabedoria não é o primeiro passo? A questão é que se nós não tivermos compromisso com Deus, nós podemos até pedir, Deus pode até nos dar, mas nós não vamos saber usá-la e de nada vai adiantar, pois nos falta compromisso com Deus, controle do Espírito Santo e falta do senhorio de Cristo na vida.

Portanto, para termos os nossos lares edificados, precisamos ser sábias. E para obtermos esta sabedoria, faz-se necessário uma vida de compromisso total com Deus.

Lembre-se sempre, mulher, que o seu lar precisa de você e que Deus lhe fez para construir, edificar, ajudar e orientar. Deus lhe fez para ser coluna no lar, inabalável!

Por: Prª Maria de Lourdes Effgen Gonçalves

Fonte: (Canal Mulher)

07/09/2008

ESPOSAS SOLITÁRIAS

Sei como vivem os corações das esposas solitárias. Sentem-se como o salmista descreve no Salmo 102. 3-7: “Esvaem-se os meus dias como fumaça; meus ossos queimam como brasas vivas. Como a relva ressequida está o meu coração; esqueço até de comer! De tanto gemer estou reduzido a pele e osso. Sou como a coruja no deserto, como uma coruja entre as ruínas. Não consigo dormir; pareço um pássaro solitário no telhado”.

Tenho conhecido muitas esposas solitárias e uma característica da maioria delas é o próprio abandono. Abandonam-se a si mesmas, desanimam de lutar e perdem a esperança de uma vida conjugal mais satisfatória. Por isso adoecem. À primeira vista pode parecer que se conformam, mas o que realmente acontece é que elas desesperam (des-esperam, deixam de esperar).

Às esposas abandonadas quero alertar para que não façam isto. Se seu marido não se faz presente em sua vida isto não quer dizer que ela perde o sentido ou significado, pois o sentido da nossa vida se dá em Cristo e o significado dela na missão dada por Deus a cada um de nós.

Além do mais, o Senhor Jesus nos ordena que amemos o nosso próximo, mas faz uma comparação maravilhosa: como a nós mesmos (Mateus 22.39).Gostaria de lhe dizer para continuar a amar seu esposo; entretanto, jamais esqueça de amar-se a si mesma.

Goste de seu marido, mas goste também de você mesma. Cuide de seu marido como uma boa esposa, mas não deixe de cuidar de si mesma.

Conheço uma mulher incrível, que conheceu a Jesus depois de casada. Vou chamá-la de Margarida. Seu marido jamais se converteu e, ao longo dos mais de 30 anos de casados, lhe causou muitas mágoas. Não saía com ela, implicava com a igreja, jamais foi carinhoso e foi-lhe infiel. Apesar de tudo isto ela não perdeu a alegria de viver. Levou seus filhos à igreja e para passear; trabalhou em casa para ganhar seu dinheirinho e conservou amigas com quem podia conversar. Manteve-se fiel ao marido, aos seus papéis como mulher casada e a Deus. Atualmente ela comemora seu aniversário mesmo que seja sozinha e gosta demais de passear. Às vezes ele vai com ela e muitas vezes ela vai com uma amiga querida. Belo exemplo o da Margarida.

Aos maridos Paulo ensina que amem e cuidem de suas esposas – Efésios 5.25-31. Tão antigo, conhecido e mencionado texto – quem dera, por todos, fosse praticado! A eles cabe a Deus julgar.Se o marido não cumpre com suas obrigações conjugais, às suas esposas cabe cuidar e amar a si mesma a fim de manter um mínimo possível de saúde emocional e psicológica.É claro que ninguém poderá ocupar o lugar de um marido ou preencher a lacuna emocional que ele não supre, entretanto, é possível amenizar o impacto deste vazio. Como?!

Com a atenção e o carinho dos filhos e parentes. Com o apoio e amizade de amigas sérias e confiáveis. A necessidade de realização através do trabalho secular, na igreja ou voluntariado – há milhares de crianças e idosos em lares e abrigos precisando de atenção e carinho.Sim, há muitas coisas que essas mulheres podem e devem fazer por si mesmas, além de adoecer: gostaria de ganhar flores? Compre para si mesma. A cada dia, faça algo que a deixe feliz.Não perca tempo sentindo pena de si mesma. Se não pode mudar uma situação, mude sua atitude para com ela. Dedique tempo para seu desenvolvimento espiritual. Quando coisas negativas acontecerem, reja de modo positivo. Procure sempre sorrir. É você que tem de dar valor a si mesma, pois é única para Deus, amada aos olhos do Pai.


02/07/2008

ESPERA EM DEUS


Esperar em Deus é confiar plenamente que a nossa vida está em suas mãos. Significa dizer a Deus: Tu és minha ajuda,Tu és a minha única esperança. Aos nossos próprios olhos, somos incapazes de nos manter em pé nas situações críticas da vida. Mas aos olhos de Deus, não somente somos renovados em nossas forças, como Ele nos coloca em posições muito além daquelas com as quais poderíamos sonhar, para descansarmos, enquanto alcançamos vôos mais altos! Não desista jamais! Creia! Pois será através da tua fé que você contemplará o mover de Deus em tua vida! Medite: Hebreus 11:1

12/03/2008

A PRESENÇA DE DEUS

Senhor, tu me sondas, e me conheces. Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó Senhor, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.

Nada é oculto ao nosso Deus. O que somos, o que sentimos, o que fazemos, o que pensamos. Deus conhece e sabe tudo acerca de nós. Os nossos medos, as nossas tristezas, as nossas angustias, quando falhamos, quando procedemos mal. Mesmo que estejamos sem palavras, Deus nos entende. Quando lhe falamos Ele escuta as nossas orações. Não desanimes, espera em Deus para a resolução dos teus problemas. Ele não falha, e por muito grande que seja teu problema, não é maior que Deus. Porque Deus é maior que qualquer problema.
DEUS GRANDE E PODEROSO É O SENHOR!!!!!

19/01/2008

RELACIONAMENTO COM DEUS

Nestes dias tenho sentido da parte de Deus um grande desafio a buscar a sua face a fim de que a minha comunhão com Ele seja cada vez maior. Há uma grande necessidade de andarmos cheios do Espírito Santo, e a Palavra de Deus, nos dá ensino a este respeito. Ef. 5.18 “Enchei-vos do Espírito”.A Bíblia está cheia de passagens referentes ao assunto. Isaías 65.1 “Buscai ao Senhor e Ele se deixará achar”; Jeremias 29.13 “Buscar-me-eis e me achareis, se me buscardes de todo o vosso coração”.Então verificamos que Deus está nos esperando e deseja ter comunhão connosco, porque o Senhor sabe que é dessa maneira que O conhecemos e só dessa maneira nos podemos relacionar com ele de perto. Deus quer relacionar-se connosco, e está interessado em que o conheçamos. Por isso é que nos deu o que é necessário, a Sua Palavra.
A Bíblia é a Palavra de Deus. Se queremos conhecer o Senhor, temos que ler a Sua Palavra com bastante regularidade, ou seja, diariamente e em abundância, pois temos que nos inteirar do que pensa, do que diz, do que quer, do que faz, porque é pela Sua Palavra que Deus se revela aos homens, e para conhecermos a Sua vontade temos que ler a Sua Palavra. “Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo o que nele está escrito; porque assim farás prosperar o teu caminho e prudentemente te conduzirás” Josué 1.8.O conhecimento trás sabedoria, e quanto mais conhecermos ao Senhor, mais sábios somos para que também possamos estar dentro da Sua vontade. Saber o que a Palavra de Deus diz, é primordial para um viver diário de vitória, e de acordo com a Sua vontade. “E estas palavras que te ordeno, estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te; também as atarás por sinal na tua mão e te serão por testeiras entre os teus olhos; e as escreverás nos umbrais da tua casa e nas tuas portas” Deut. 6:6-9.No nosso relacionamento diário uns com os outros, é por meio das palavras que falamos que nos entendemos.
Por exemplo, como é que entendemos uma pessoa muda? Só o conseguimos pelos seus gestos, com algum esforço, porque esse não é o processo normal de nos comunicarmos. Esse é um meio de recurso quando não há outro.
Mas o nosso Deus não é mudo, Ele fala e ouve, e tem o melhor para nos dar e ensinar. Jesus mesmo disse: “aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para a vossa alma” Mat. 11.29.Que bom é o nosso Mestre. Que maravilhoso sabermos que nos relacionamos com alguém com o qual podemos aprender o melhor. Que encontramos n’Ele tudo o que precisamos para viver em vitória, sem medos, sem frustrações, em paz, em harmonia, em amor, em esperança, em segurança.
Nos dias que correm em que as pessoas vivem atormentadas, sem esperança, nós, os que vivemos um relacionamento diário com Deus, temos a grande responsabilidade de dar a esse mundo o testemunho do livramento que há em Jesus e do seu amor para com a humanidade.
Isabel

caixinha de promessas